Influência do ω-3 sobre a lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)], anticorpos LDL(-) e tamanho das partículas de LDL em indivíduos com síndrome metabólica [thesis]

Diana Gabriela Estevez Fernandez
v AGRADECIMENTOS ESPECIAIS Agradezco a mis padres, Justo y Bernarda por creer en mí. A mi esposo Jimmy, por apoyar mi crecimiento y acompañarme en el día a día. A mis hijas, Gabi y Paolita, que me impulsan a ser mejor en todos los sentidos de la vida. Gracias por su comprensión, amor y fuerza. vi AGRADECIMENTOS À minha orientadora, Profa. Nágila por me ensinar a insistir e persistir diante de qualquer dificuldade, e me lembrar que não é a meta, mas o caminho que nos faz crescer na vida. A TODAS
more » ... er na vida. A TODAS as alunas da Profa. Nágila: Patrícia, Camila, Thaís, Caroline, Marlene, Mariana, Alexandra, Flávia, Laura e Irene, pela sua amizade e por termos compartilhado esses anos de vida acadêmica, de aprendizado e descobertas. À professora Denise Cyrillo, da Faculdade de Economia, que me acolheu no começo do mestrado. À professora Sayuri Miyamoto, do Instituto de Química, aos seus alunos e à técnica Zilda, que souberam me receber desde o treinamento técnico até as análises do mestrado. À professora Dulcineia Abdalla da Faculdade de Ciências Farmacêuticas pela doação dos anticorpos utilizados nas análises de LDL(-). A Liania Luzia, da Faculdade de Saúde Pública, pela sua disposição e alegria. Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico -CNPq pela bolsa concedida para meu mestrado. À Fundação de Amparo à Pesquisa -FAPESP, ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Fluidos Complexos -INCT-FCx e ao Núcleo de Pesquisa em Fluidos Complexos -NAP-FCx, por todo o subsídio financeiro ao projeto do Cardionutri. E a todos que de uma ou outra maneira estiveram ao meu lado me incentivando para concluir mais uma etapa da vida. vii "¿Qué le puede pasar a un ser humano, que no le pueda pasar a un ser humano?" Anaxágoras viii RESUMO ESTEVEZ, D Influência do ω-3 sobre a lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)], anticorpos LDL(-) e tamanho das partículas de LDL em indivíduos com síndrome metabólica. [Defesa de Mestrado] Programa de Pós-graduação Interunidades em Nutrição Humana Aplicada PRONUT. Universidade de São Paulo. Brasil; 2015. Introdução A Síndrome Metabólica (SM) representa um conjunto de fatores que determinam maior risco para Doença Cardiovascular (DCV), devido principalmente à Resistência à Insulina (RI) e ao estado inflamatório promovido pelo tecido adiposo branco hipertrofiado. Nesse contexto, a condição de dislipidemia favorece o desenvolvimento da aterosclerose, devido a que maiores concentrações de lipoproteína de baixa densidade (LDL) no plasma podem propiciar modificações nessas partículas. Essas modificações podem ter origem oxidativa ou não oxidativa e impactar nas características aterogênicas da LDL. O ômega três tem mostrado efeitos hipolipemiantes e anti-inflamatórios, que podem reduzir o risco cardiovascular de indivíduos com SM. Objetivo: avaliar o efeito da suplementação de 3g de ω-3 por um período de oito semanas sobre a concentração plasmática das partículas de LDL eletronegativas [LDL(-)] e seus anticorpos, assim como monitorar possíveis mudanças nas concentrações das subfrações das LDL. Metodologia: Foram incluídos 115 participantes de ambos os sexos, entre 30 e 74 anos, com SM, separados nos grupos de intervenção com ω-3 (n=58) e controle com ω-9 (n=57). Foram realizadas análises de perfil lipídico e por meio de ELISA foram avaliadas a concentração de LDL(-) e de antiLDL(-) no plasma dos participantes. O tamanho das subfrações de LDL foi realizado no sistema Lipoprint. O efeito do tempo e das intervenções foi testado por meio do programa SPSS versão 20.0, adotando-se o concentração de significância de p<0,05. Resultados: A suplementação de ω-3 teve efeito significativo na redução do % de massa grassa (%MG) e na pressão arterial sistólica (4%) e diastólica (5%) . Em relação ao perfil lipídico, ambas intervenções tiveram efeitos significativos de redução de colesterol total (CT), LDL-c, não HDL (nHDL) e triacilglicerois (TG). As concentrações plasmáticas de LDL(-) dos participantes que tomaram ômega 3 apresentaram redução de 21%, enquanto que os que tomaram ômega 9 tiveram redução de 1%. Tal redução foi significativa em relação ao tempo de intervenção (p<0,05), mas não quando o efeito da internveção foi avaliado. Perfil semelhante foi observado para a razão LDL(-)/antiLDL(-), observou-se redução de 22% no grupo ômega 3 e redução de somente 3% no grupo ômega 9. Conclusão: A intervenção com ômega 3 promoveu redução na concentração plasmática de LDL(-), porém não modificou a concentração do anticorpo antiLDL(-) nem o tamanho das subfrações da LDL. Palavras-chave: omega 3, omega 9, síndrome metabólica ix ESTEVEZ, D.G. Influence o f ω-3 over electronegative low density lipoprotein [LDL(-)] plasma concentrations, antiLDL(-) and LDL particles in individuals with metabolic syndrome [Master´s Degree] Interdisciplinary Post-graduation Program PRONUT in Applied Human Nutrition. São Paulo University. Brazil; 2015 ABSTRACT Introduction: The Metabolic Syndrome (MetS) is a combination of factors that determine increased risk for Cardiovascular Diseases (CVD), mainly because of Insulin Resistance (IR) and the inflammatory state promoted by the hypertrophied white adipose tissue. Under this background, the dyslipidemic condition goes together with the developing of atherosclerosis, meaning that higher concentrations of low density lipoprotein (LDL) in plasma promote modifications from different sources in these particles and may have an impact over LDL subfractions, turning them more atherogenic. Omega three has proved hypolipidemic and anti-inflammatory effects, which may reduce cardiovascular risk in MetS individuals. Objetive: evaluate the effect of 3g of fish oil supplementation, 60% EPA and DHA for an eight week period over plasma concentrations of electronegative LDL particles [LDL(-)] and its antibodies, as well as monitoring possible changes in LDL subfractions. Methods: A total number of 115 participants, both sexes, between 30 and 74 years of age, with MetS, were included and separated in the intervention group receiving omega 3 (n=58) and the placebo group with omega 9 (n=57). Biochemical analyses were carried out using ELISA for LDL (-) and antiLDL(-) in plasma. Particle sizes were measured using the Lipoprint system. The effects of time and intervention were analyzed using the statistical program SPSS 20.0, assuming p<0.05 as significant. Results: Omega 3 supplementation had a significant effect in the reduction of fat mass percentage (FM%) and blood pressure, showing a 4% decrease for systolic and 5% decrease for diastolic pressures respectively. Considering the lipid profile, both interventions had significant effects reducing total cholesterol (TC), LDL-c, not HDL (nHDL) and tryacylglycerides (TG). LDL(-) plasma concentrations from the omega 3 group showed 21% reduction while the omega 9 group had only 1% reduction. Such difference was significant considering time (p<0,05), but not while comparing the intervention effect. There was also a change in the antiLDL(-) antibodies; reducing 2% in the omega 3 group and increasing 1% in the omega 9 group. However, those differences were not significant. Similar effects were observed in LDL(-)/antiLDL(-) ratio, showing 22% decrease in the omega 3 group and only 3% in the omega 9 group. Conclusion: Omega 3 intervention promoted a significant reduction in plasmatic LDL(-), however, it didn't modify LDL subfraction distribution.
doi:10.11606/d.89.2015.tde-04052015-115858 fatcat:s2a3mhqsajajphmzrjabqjptma