Atividade da gama glutamil transpeptidase urinária, dosagens séricas de uréia e creatinina como meios diagnósticos auxiliares na nefrotoxicidade induzida por aminoglicosídeo em cães

Carla Rosane de Aguiar Hennemann, Cândido Fontoura da Silva, Willian Schoenau, Glaucia Denise Kommers, Alexandre da Silva Polydoro, Marcus Roberto Mielke Leitzke
1997 Ciência Rural  
Foram utilizados 11 cães, hígidos, com idade entre 1 e 5 anos. Inicialmente procedeu-se à determinação dos valores basais através de cinco colheitas diárias de urina e sangue, e realizou-se a urinálise, determinação da atividade da gama glutamil transpeptidase urinária, dosagens sérica de uréia e creatinina. A nefrotoxicidade foi induzida com a utilização de10mg/kg de gentamicina, 3 vezes ao dia, durante 14 dias. As colheitas de urina foram realizadas a cada 24 hors e o sangue foi colhido a
more » ... e foi colhido a cada 48 horas, durante 14 dias. Após este período os cães foram submetidos à eutanásia, procedendo-se à necropsia, e estudo histopatológico dos rins. Os sinais clínicos apresentados foram apatia, anorexia, poliúria, oligúria, anúria, polidipsia, vômito e diarréia. Pela urinálise observou-se a ocorrência de proteinúria, glicosúria, hematúria, cilindrúria, celulúria e isostenúria; os valores de gama glutamil transpeptidase urinária elevaram-se de forma crescente a partir de 24 horas de administração da gentamicina até o final do experimento, a azotemia foi observada no 12° e 14° dias da pesquisa. Na avaliação histopatológica observou-se nefrose tubular aguda. Com base nos resultados obtidos pode-se concluir que a mensuração da atividade da gama glutamil transpeptidase urinária é um sensível indicador de lesão tubular renal possibilitando o diagnóstico precoce, juntamente com a urinálise.
doi:10.1590/s0103-84781997000200011 fatcat:3u6bzvkrmvh4zikfc4v24evdgm