ANÁLISE COMPARATIVA DA INSERÇÃO DE APLICATIVOS VOLTADOS PARA O ENSINO DE FUNÇÕES INORGÂNICAS NA DISCIPLINA DE QUÍMICA / COMPARATIVE ANALYSIS OF THE INSERTION OF APPS AIMED AT TEACHING INORGANIC FUNCTIONS IN THE DISCIPLINE OF CHEMISTRY

Lucimar do Nascimento Cardoso, Caroline Antunes Agostinho de Abreu, Adley Bergson Gonçalves de Abreu, Raquel Aparecida Loss, Claudineia Aparecida Queli Geraldi, Sumaya Ferreira Guedes
2021 Brazilian Journal of Development  
RESUMO O ensino de química se enquadra como uma ciência experimental, dispondo de conteúdos abstratos, o que favorece um difícil entendimento e visualização por parte dos alunos, que por muitas vezes sendo baseado quase que exclusivamente em aulas teóricas, desencadeia o tedio e o desinteresse. Diante dessa realidade a utilização de recursos tecnológicos tem se apresentado como um meio eficaz e útil no que diz respeito às práticas de ensino, favorecendo o dinamismo nas aulas. Este trabalho teve
more » ... Este trabalho teve por objetivo realizar uma análise quantitativa de publicações e aplicativos que versam conteúdos de funções inorgânicas no ensino de química. O método desenvolveu-se através de um levantamento Brazilian Journal of Development (CAPES) com abordagem em aplicativos e jogos virtuais para o ensino de química e funções inorgânicas. Na sequência, realizou-se uma pesquisa no Google Play (dispositivos móveis para o sistema operacional Android) buscando aplicativos e jogos que envolvam conteúdos relacionados a química. Ainda, realizou-se um estudo métrico de quais aplicativos e jogos de químicas são mais utilizados. Foi observado que muitos trabalhos científicos, sejam dissertações ou artigos publicados em periódicos, abordam sobre o ensino de química ou aplicativos de forma separada. Quando a busca foi realizada utilizando as palavras ensino de química e aplicativos, a quantidade de material disponível reduziu drasticamente, disponibilizando apenas 3,40% de trabalhos. Esse fato demonstra a carência de trabalhos científicos que avaliem a disponibilidade de aplicativos que abordem o ensino de química. Referente aos aplicativos de jogos disponibilizados no Play Store, totalizaram-se 250 compondo estudos da Química Geral, Orgânica, Inorgânica e Analítica, porém, estes não possuem mais que 50 mil downloads, demonstrando o baixo interesse dos usuários pela temática. Dessa forma, se torna evidente a importância do professor utilizar ferramentas digitais, como aplicativos de jogos, devido ao seu caráter lúdico, de maneira a facilitar a construção do conhecimento no ensino de Química. Palavras-chave: Jogos educativos, Ensino lúdico, Recursos tecnológicos. ABSTRACT The teaching of chemistry fits into an experimental science, having abstract contents, which favors a difficult understanding and visualization on the part of the students, which often being based almost exclusively on theoretical classes, triggers boredom and disinterest. In view of this reality, the use of technological resources has been presented as an effective and useful means with regard to teaching practices, favoring dynamism in classes. This work aimed to perform a quantitative analysis of publications and applications that deal with content of inorganic functions in the teaching of chemistry. The method was developed through a bibliographic survey at the Bank of Theses and Dissertations of the Commission for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES) with an approach to virtual applications and games for teaching chemistry and inorganic functions. Next, a search was performed on Google Play (mobile devices for the Android operating system) looking for applications and games that involve content related to chemistry. In addition, a metric study was carried out of which applications and games of chemistry are most used. It was observed that many scientific works, whether dissertations or articles published in journals, address the teaching of chemistry or applications separately. When the search was carried out using the words teaching chemistry and applications, the amount of material available drastically reduced, making only 3.40% of jobs available. This fact demonstrates the lack of scientific studies that assess the availability of applications that address the teaching of chemistry. Regarding the game apps available on the Play Store, there were 250 composing studies of General, Organic, Inorganic and Analytical Chemistry, however, these do not have more than 50 thousand downloads, demonstrating the low interest of users in the theme. Thus, it becomes evident the importance of the teacher to use digital tools, such as games applications, due to its playful character, in order to facilitate the construction of knowledge in the teaching of Chemistry.
doi:10.34117/bjdv7n1-125 fatcat:gsq66hwdmzgmzpq2c75bkvjwey