CHISTES: DO SOSLAIO A UM OLHAR PSICANALÍTICO

Ernesto Richter, Alberto Souza
unpublished
RESUMO: Os chistes como formação do inconsciente têm sido negligenciados nos estudos psicanalíticos se comparado aos sonhos, atos falhos e sintomas. Sigmund Freud salientou sua importância em "Os chistes e sua relação com o inconsciente", no qual relaciona o processo onírico ao de elaboração dos chistes. Com o objetivo de ressaltar sua relevância acadêmica apontamos reflexões de psicanalistas e outros autores que se aproximam do campo freudiano. Apresentamos, a seguir, uma analogia entre o
more » ... sso de elaboração dos chistes e o civilizatório para enfatizar sua relação com o inconsciente, bem como seu inerente caráter social. Propomos, assim, que o texto freudiano seja retomado em sua plenitude, sobretudo se considerarmos o antagonismo que o riso e o risível apresentam na contemporaneidade: por um lado, a ditadura da felicidade demanda rostos sorridentes nas redes sociais; por outro, o politicamente correto tolhe a expressão do riso. PALAVRAS-CHAVE:: Chiste. Psicanálise. Riso. Risível.
fatcat:x7j5jsnaojetrig2qf2dinydt4