O morro do Borel e a memória material: percepções e escrita do passado a partir do livro de um morador

Mauro Amoroso
2015 Oficina do Historiador  
Resumo: O objetivo do presente artigo é analisar a construção, as representações e os usos políticos de um suporte material para a memória de moradores de favelas, a partir de um caso específico ocorrido no Morro do Borel, favela do Rio de Janeiro. Trata-se do livro "As lutas do povo do Borel", escrito por Manoel Gomes, antigo e já falecido morador local, ligado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), e lançado em 1980. A obra é um relato sobre o histórico de mobilização dos moradores dessa
more » ... oradores dessa favela, desde os anos 1950, e o processo de resistência dos mesmos contra ameaças de remoção. Escrita e editada em um período de reconstrução da democracia e da participação política de diferentes grupos ligados ao movimento social, constitui um interessante caso para reflexão sobre o papel desse tipo de relato, bem como sua inscrição em um suporte material, para a construção de representações acerca dos moradores desses espaços e para o debate sobre a participação dos mesmos na construção de discursos sobre o passado, bem como o uso político desses. Palavras-chave: memória; favelas; Rio de Janeiro Abstract: The aim of this paper is to analyze the construction, representations and political uses of a support material for the memory of slum dwellers from a specific event occurred in Morro do Borel, in Rio de Janeiro. This is the book "The struggles of the people of Borel", written by Manoel Gomes, former and deceased local resident, tied to the Brazilian Communist Party (PCB), and released in 1980. The book is an account of the history of mobilization residents of this slum since the 1950s, and the process of resistance against the same threats of removal. Written and edited over a period of rebuilding democracy and political participation of different groups linked to social movement, is an interesting case to reflect on the role of this type of reporting, as well as its application on a physical medium, for the construction of representations concerning the inhabitants of these spaces and the debate about their participation in the construction of discourses about the past, and the political use of these.
doi:10.15448/2178-3748.2015.2.18495 fatcat:swwcoer4l5aj5khshnx6rccmjm