Dados dos clientes: uma troca de valor entre empresa e cliente no setor bancário

Felipe ZINN, Léo Fernando Krás JOAS
2018 Revista Eletrônica Científica da UERGS  
O crescimento das tecnologias digitais nos últimos anos impulsionou o desenvolvimento de produtos e dispositivos conectados à internet e possibilitou às empresas coletarem cada vez mais dados a respeito de seus clientes. Essa evolução tecnológica permite também que as empresas coletem dados que outrora eram de difícil acesso e reflete em um valioso banco de dados que permite segmentar ou criar novos produtos, aprimorar aqueles já existentes, promover comunicações direcionadas e até reduzir
more » ... e até reduzir custos com serviços não utilizados. Nesse cenário, o Marketing de Relacionamento apoia-se no Marketing com Bancos de Dados para analisar grandes quantidades de dados a respeito dos clientes sobre preferências e hábitos de consumo, sendo capaz de identificar padrões de consumo, perfis de relacionamento com o cliente e adaptar produtos e serviços para atender diferentes grupos de consumidores. O presente estudo buscou avaliar a percepção do consumidor gaúcho em relação à coleta de seus dados pelas instituições financeiras e os benefícios esperados pelo cliente como troca de valor pelos dados coletados. Motivada pela escassez do tema na literatura nacional e por pesquisas globais publicadas no último ano, a pesquisa identificou que os clientes gaúchos acenam confiança e disposição em compartilhar seus dados com as instituições financeiras, no entanto, não conseguem enxergar um retorno por parte das empresas. Os resultados por ora obtidos contribuem para a disseminação do tema no meio acadêmico e podem ser utilizados para auxiliar gestores na busca pelos dados de seus clientes.
doi:10.21674/2448-0479.44.618-631 fatcat:5hl4ppzwvnhllkl4ye63w2yfly