Estudo comparativo das adaptações fisiológicas agudas durante a execução de três variantes de um exercício básico de Hidroginástica

Georgina Costa, Sandra Afonso, José Augusto Bragada, Victor Machado Reis, Tiago M. Barbosa
2008 Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano  
rEsumo Foi objectivo do estudo comparar as adaptações fisiológicas agudas de variantes do mesmo exercício básico de Hidroginástica (acção exclusiva dos membros inferiores, acção simultânea dos membros inferiores e dos membros superiores, acção simultânea dos membros inferiores e dos membros superiores usando halteres flutuantes). Foram estudados 16 sujeito do sexo feminino, jovens, clinicamente saudáveis e com um nível de actividade física regular. Cada sujeito realizou, um exercício básico de
more » ... xercício básico de Hidroginástica designado de "Cavalo-marinho". Antes e após cada execução de 6 minutos do exercício foi avaliada a percepção subjectiva de esforço (RPE) e a lactatemia ([La -]). Antes, durante e após cada execução foi avaliada a frequência cardíaca máxima atingida durante a exercitação (FCmax) e estimada a percentagem de frequência cardíaca máxima teórica atingida durante a exercitação (%FCmax). Os sujeitos percepcionaram um aumento significativo da RPE passando da exercitação exclusiva da acção dos membros inferiores, para a exercitação simultânea dos membros inferiores e dos membros superiores, assim como, para a acção a exercitação simultânea dos membros inferiores e dos membros superiores com os halteres. O esforço cardíaco (FCmax e %FCmax) foi significativamente inferior ao realizar o exercício básico estudado apenas com acção dos membros inferiores do que nas outras variantes. O aumento de segmentos em acção e a exercitação com os halteres promoveu incrementos significativos da [La -]. Concluindo, o incremento do número de segmentos em acção simultânea, assim como, a utilização de halteres flutuantes tendem a aumentar significativamente a resposta fisiológica aguda em Hidroginástica. palavras-chave: Hidroginástica; Variantes; Percepção subjectiva de esforço; Frequência cardíaca; Lactatemia. aBstraCt The aim of this investigation was to compare the acute physiological adaptations to several variants of the same basic head-out aquatic exercise (only with legs actions, with simultaneous legs and arms actions, with simultaneous legs and arms actions using buoyancy dumb-bells). 16 young females, clinically healthy and with a regular level of physical activity were studied. Each subjected performed a basic head-out aquatic exercise named "rocking horse". Before and after each 6 minutes exercise, rate of perceived exertion (RPE) and blood lactate (La -]) were evaluated. Before, during and after each exercise, the maximal heart rate achieved (FCmax) was measured and the percentage of maximal theoretical heart rate estimated (%FCmax). The subjects perceived an increasing exertion from the exercise only with legs actions to the exercise with simultaneous legs and arms actions, to the exercise with simultaneous legs and arms actions including dumb-bells. The cardiac workout (FCmax and %FCmax) was significantly lower performing the exercise only with the legs than in the other two exercise conditions. The increasing number of limb's actions and the adoption of dumb-bells promoted an increase of the blood lactate. In conclusion, the increasing number of simultaneous limb's actions and the inclusion of materials, just like buoyancy dumb-bells, increased the acute physiological response in head-out aquatic exercises.
doi:10.5007/1980-0037.2008v10n4p323 fatcat:6fdkau3fpfav7psnya6tczoee4