A ATENÇÃO EM SAÚDE BUCAL E A OPERACIONALIZAÇÃO DAS SUAS PRÁTICAS NA ESTRATÉGIA EM SAÚDE DA FAMÍLIA A PARTIR DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL NO MUNICÍPIO DE SOBRAL-CE ORAL HEALTH CARE AND IMPLEMENTATION OF ITS PRACTICES IN THE FAMILY HEALTH STRATEGY BY THE MULTIPROFESSIONAL RESIDENCE IN SOBRAL, CE

S A N A R E, Sobral
unpublished
Pollyana Martins Pereira 6 RESUMO O s agravos bucais e suas sequelas são de grande prevalência no Brasil, constituindo-se em problemas de Saúde Pública, com graves consequências sociais e econômicas. Diante disso, implanta-se a Equipe de Saúde Bucal, como integrante da equipe mínima. Assim, este artigo, visa descrever as ações da Odontologia realizadas pelas VI e VII turma da RMSF no município de Sobral-CE. Para tanto, realizamos uma pesquisa descritiva, do tipo relato de experiências
more » ... eriências vivenciadas pelos residentes nos bairros Vila União e Sinhá Sabóia. As ações desses residentes organizaram-se tomando como referência o modelo por linhas de cuidados por ciclos de vida, tomando as condições de saúde como ponto a priorização, indo de encontro ao princípio da equidade. Dentro desses grupos foram prestadas assistência individual, atendimento multiprofissional, visitas domiciliares, ações intersetoriais, abordagens coletivas, além de educações permanentes com profissionais do CSF, participação em espaços de controle social, organização da demanda de urgência e emergência e prótese dentária. Palavras-chave: Saúde Bucal. Atenção à Saúde. Participação. ABSTRACT O ral diseases and related sequelae are very prevalent in Brazil, which are considered a Public Health Problem with severe social and economic consequences. Hence, the Oral Health Team was included as member of the minimum team. This paper describes the actions in the dentistry field performed by the 6 th and 7 th classes in the Multiprofessional Residence in Family Health in Sobral, CE, Brazil. For that, a descriptive study was conducted to report the experiences of these residents working in Vila União and Sinhá Sabóia neighborhoods. The actions of these residents were organized according to the model of lines of care by life cycles, giving priority to health conditions, which meets the principle of equity. These groups provided individual and multiprofessional care, performed home visits, inter-sector actions and collective interventions, in addition to permanent educational actions implemented with the family health unit's professionals, social control participation, organization of the urgency and emergency demand and dental prosthesis.
fatcat:u55prjxpxfampnqimcrhxze2li