POESIA, TERRA NATAL DA RESISTÊNCIA

Laura Padilha
2017 Revista de Estudos Literários  
Partindo de algumas reflexões de Hannah Arendt, principalmente aquela em que a filósofa afirma que "[...] na ação a pessoa se exprime de uma maneira que não há em qualquer outra atividade. Deste ponto de vista a palavra é também uma forma de ação" (2001: 40), o artigo propõe uma breve leitura da obra da autora santomense Alda Espírito Santo, interpretando-a como um gesto de resistência. Tal resistência, em um primeiro movimento, se manifesta contra o colonialismo português e suas ações de
more » ... suas ações de violência, como se dá com o massacre de Batepá, por exemplo. O segundo movimento cobre as produções da chamada pós-independência e por ele se demonstra a lucidez da poetisa, ao perceber que as certezas do passado revolucionário se tansformaram, muitas vezes, em "incertezas" que a levam de novo a fazer um pacto com a resistência.
doi:10.14195/2183-847x_5_18 fatcat:dbngxrf36remtgobhtxgfrgr7e