HIV/AIDS PATIENTS SATISFACTION WITH THE SPECIALIZED CARE SERVICE

Janaína Alves Guilherme, Mirian Ueda Yamaguchi, Ely Mitie Massuda
2019 REME: Revista Mineira de Enfermagem  
RESUMO A avaliação da satisfação dos usuários com o serviço de saúde prestado é importante para melhorar o atendimento e desempenho das equipes de saúde, além de corroborar no direcionamento das políticas públicas. Objetivo: avaliar a satisfação dos portadores de HIV/AIDS com o Serviço de Assistência Especializada (SAE) de Maringá-PR, que abrange 30 municípios do noroeste do Paraná. Métodos: estudo transversal, analítico e de abordagem quantitativa. Por meio de entrevista obtiveram-se os dados
more » ... iveram-se os dados sociodemográficos de 301 portadores de HIV/ AIDS e aplicou-se o instrumento EUROPEP para avaliação da satisfação com o SAE. Resultados: 57,81% eram homens, 63,46% tinham 45 anos ou menos, 75,08% eram heterossexuais e 40,53% casados. As questões relacionadas aos profissionais de saúde: comunicação, cuidados médicos prestados, informações técnicas e apoio emocional obtiveram elevado grau de satisfação, com escores bom e muito bom. Por outro lado, os usuários indicaram como pontos negativos questões relacionadas à organização dos serviços: informações prestadas por telefone, contato por telefone e tempo de espera para atendimento das consultas. Conclusão: de modo geral, os portadores de HIV/ AIDS encontram-se satisfeitos com os serviços dos profissionais do SAE. Espera-se que os indicadores negativos de satisfação apontados pelos usuários auxiliem na elaboração de estratégias organizacionais inovadoras para melhoria dos serviços de assistência especializada. Palavras-chave: Assistência à Saúde; Qualidade da Assistência à Saúde; Satisfação do Paciente; Serviços de Saúde; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida. ABSTR ACT The assessment of the patients´ satisfaction with the health service provided is important to improve the care and performance of health teams, as well as to corroborate the direction of public policies. Objective: to assess the satisfaction of people with HIV/AIDS in the Specialized Assistance Service (SAE) of Maringá-PR, covering 30 municipalities in northwestern Paraná. Methods: this is a cross-sectional, analytical and quantitative approach study. Through interviews, the socio-demographic data of 301 patients with HIV/AIDS were obtained, and the EUROPEP instrument was used to assess SAE satisfaction. Results: there were 57.81% of men, 63.46% being 45 years old or younger, 75.08% of heterosexual and 40.53% of married patients. The questions related to health professionals: communication, medical care, technical information, and emotional support obtained a high level of satisfaction, with good and very good scores. On the other hand, patients indicated issues related to the organization of services as negative points: information provided by telephone, telephone contact and waiting time to attend appointments. Conclusion: most people with HIV/AIDS are satisfied with the services of SAE professionals. The negative satisfaction indicators were they were expected to be assisted in the elaboration of innovative organizational strategies to improve specialized care services.
doi:10.5935/1415-2762.20190061 fatcat:blbq4b7pcjfythuwahfpluovxq