Cabelo, barba e bigode: masculidades, corpos e subjetividades

Maria Izilda S. de Matos
2012 Locus (Juiz de Fora, Brazil)  
Tendo como palco a cidade de São Paulo nas primeiras décadas do XX, espaço-tempo impregnado pelas referências de modernidade, esses escritos buscam analisar as questões da masculinidade, as representações dos corpos e subjetividades propalados pelos discursos médicos, reclames de medicamentos e higiene, destacando como esses elementos atuaram no processo de construção da masculinidade hegemônica.
doaj:5e71558207b94043968b58f4adb3dd93 fatcat:rusf236gt5hg3g5nswc74rlmum