Corpos pós-coloniais e desterritorialização: gestos e movimentos afetivos em Bom trabalho (Claire Denis, 1999)

Mariana Cunha, Catarina Andrade
2020 Revista Transversos  
O artigo propõe uma análise do filme Bom trabalho, de Claire Denis, cuja narrativa se concentra nas memórias do sargento Galoup, expulso da Legião Francesa em Djibouti. Ao passo que retrata a ocupação colonial, o filme revela a sensorialidade dos corpos dos soldados da Legião através de imagens ritualísticas desses corpos nos espaços e na paisagem desértica de Djibouti. Trata-se de pensar a forma como o filme compõe os espaços e os corpos a partir da noção de desterritorialização em uma ampla
more » ... ação em uma ampla acepção (ou seja, no sentido de deslocamento físico, mas também no sentido trazido por Gilles Deleuze (1983) em relação à imagem-percepção e à imagem-afecção). Busca-se, portanto, estabelecer uma relação entre paisagens e corpos num sentido material e sensorial (Marks, 2000), paralelamente a uma análise das identidades pós-coloniais deslocadas e em decadência.
doi:10.12957/transversos.2020.52468 fatcat:65m4ta4h5jaipoi26drx4g4jnm