Crescimento e produção da mamoneira cultivada sob diferentes níveis de salinidade da água de irrigação e doses de nitrogênio

Reginaldo Gomes Nobre, Geovani Soares de Lima, Hans Raj Gheyi, Lauriane Almeida dos Anjos Soares, Saulo Soares da Silva, Alexsandro Oliveira da Silva, Givanildo Da Silva Lourenço
2013 Semina: Ciências Agrárias  
Resumo A mamoneira (Ricinus communis L.) é uma planta pertencente à família Euphorbiaceae que se destaca pela rusticidade e boa adaptação a condições adversas de clima e solo, apresentando rápido crescimento, elevada produção e considerável teor de óleo em suas sementes. Neste contexto, conduziuse esta pesquisa objetivando avaliar a influência da irrigação com água de diferentes concentrações salinas e doses de nitrogênio sobre o crescimento e a produção de mamoneira cv. BRS Energia. O
more » ... Energia. O experimento foi conduzido em lisímetros sob condições de campo, no Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar da Universidade Federal de Campina Grande. Adotou-se o delineamento em blocos inteiramente casualizados em esquema fatorial 5 x 5, com três repetições. Os tratamentos consistiram da combinação de cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (0,4; 1,4; 2,4; 3,4 e 4,4 dS m -1 ) e cinco doses de nitrogênio (50; 75; 100; 125 e 150% da dose recomendada). O número de folhas, o diâmetro caulinar, a altura de planta, a fitomassa seca do caule e de folhas, e o número de frutos no racemo primário da mamoneira cv. BRS Energia foram afetados linear e negativamente pela salinidade da água a partir de 0,4 dS m -1 ; a fitomassa seca de folhas e a produção do racemo primário são as variáveis mais sensíveis ao estresse salino; doses crescentes de adubação nitrogenada promoveram, na colheita, aumento na fitomassa seca de caule e de folhas e no número de frutos no racemo primário; a aplicação de doses crescentes de nitrogênio reduziu o efeito da salinidade sobre o diâmetro de caule da mamoneira cv. BRS Energia. Abstract The castor bean (Ricinus communis L.) is a plant belonging to the family Euphorbiaceae, and stands for the rusticity and adaptation to adverse conditions of climate and soil, for the fast growth, high production and considerable oil content in its seeds. In this context, this study we conducted to evaluate the effect of different levels of irrigation water of salinity and nitrogen on the growth and yield of castor bean cv. BRS Energia. A complete randomized block design in a 5 x 5 factorial design with three replications. Treatments included a combination of five levels of electrical conductivity of irrigation water (0.4, 1.4, 2.4, 3.4 and 4.4 dS m -1 ) and five doses of nitrogen (50, 75; 100, 125 and 150% of the recommended dose). The number of leaves, stem diameter, plant height, dry mass of stems and leaves, and fruit number in primary raceme of castor bean cv. BRS Energia were linearly and negatively affected by irrigation water salinity from 0.4 dS m -1 , the dry mass of leaves and production of primary cluster are variables more sensitive to salt stress, increasing doses of nitrogen fertilization promoted at harvest, increase in dry weight of stem and leaves and number of fruit in primary cluster; applying increasing doses of nitrogen reduced the effect of salinity on stem diameter of castor bean cv. BRS Energia.
doi:10.5433/1679-0359.2013v34n3p961-974 fatcat:2tpcbf7dpbgepo5oix7qjygtn4