O holismo no treinamento dos profissionais de saúde para o atendimento ao público LGBTQ+

Willian Roger Dullius, Larra Barros Martins, Lynn McCleary
2019 Revista Brasileira de Estudos da Homocultura  
O diálogo sobre sexualidade passou a ser adjeto da negatividade no século XVIII, sucedendo o predomínio na perspectiva da heterossexualidade e na configuração familiar do casal (homem e mulher), mais os filhos decorrentes dessa união. Todas as demais diversidades eram negligenciadas ou consideradas proibidas na percepção cultural da época. Falar sobre a sexualidade era considerado pecado e todos os assuntos que envolvessem esse tema deveriam ser banidos do discurso do cotidiano (KELLY, 2013).
more » ... nda, em pleno século XXI, vivenciamos esta cultura da heteronormatividade, principalmente, em cidades menores; deste modo, pessoas não heterossexuais são consideradas "inferiores" aos outros e vivenciam discriminação diária; a heterossexualidade, muitas vezes, ainda, é vista como um padrão para avaliar as outras sexualidades, em como, uma hierarquia das sexualidades -heterossexualidade ocuparia uma posição superior, aspectos descritores de heterossexismo (BORRILLO, 2010). A discriminação se estende aos ambientes de atendimento na área da saúde, nos quais verifica-se que os próprios profissionais de saúde, infelizmente, ainda
doi:10.31560/2595-3206.2019.6.9961 fatcat:npxlfndsnrbs3gofwnfucr5biu