Análise eletromiográfica dos músculos masseter e temporal na correção da mordida cruzada posterior

Ana Maria M. Rodrigues, Fausto Bérzin, Vania C. V. Siqueira
2006 Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial  
OBJETIVO: avaliar a relação entre a correção ortodôntica da mordida cruzada posterior dentária e as alterações no padrão da atividade dos músculos masseter e temporal. METODOLOGIA: os autores estudaram vinte jovens de ambos os gêneros, leucodermas, entre 7 a 9 anos de idade, ortodôntica e eletromiograficamente. Todos apresentavam mordida cruzada posterior dentária, corrigida com aparelhos ortodônticos removíveis. A análise eletromiográfica bilateral dos músculos masseter e temporal ocorreu na
more » ... mporal ocorreu na condição de repouso e de mastigação aleatória, bem como antes da colocação do aparelho removível, 1 mês após o início do uso do aparelho, imediatamente após a correção da mordida cruzada e 1 mês após a retirada do aparelho. RESULTADOS: a análise dos dados obtidos mostrou que após 1 mês do início do tratamento ocorreu uma leve diminuição da atividade muscular do masseter em repouso, aumentando sua atividade logo após e mantendo-se alta um mês depois do tratamento ortodôntico. Durante a mastigação aleatória seus valores indicaram melhora em sua atividade. A atividade dos músculos temporais diminuiu um mês do início da terapia ortodôntica e permaneceu baixa logo após e um mês depois do tratamento ortodôntico. CONCLUSÃO: os dados sugerem que os músculos masseter e temporais apresentaram uma melhora de sua atividade em decorrência do tratamento ortodôntico.
doi:10.1590/s1415-54192006000300007 fatcat:i25r6clfqfhazkbcwazy24aajy