Rendimento volumétrico e energético de clones de híbridos de Eucalyptus sp. no polo gesseiro do Araripe, PE

Fernando Henrique de Lima Gadelha, José Antônio Aleixo da Silva, José Antônio Aleixo da Silva, Rinaldo Luiz Caraciolo Ferreira, Rinaldo Luiz Caraciolo Ferreira, Ivan Vieira de Melo, Ivan Vieira de Melo, Danillo Lobo Jorge, Danillo Lobo Jorge, José Alves Tavares, José Alves Tavares, Sergio Peres Ramos da Silva (+1 others)
2012 Ciência Florestal  
RESUMO O presente trabalho teve como objetivo avaliar o rendimento volumétrico e energético produzido por três diferentes clones de híbridos de Eucalyptus sp.: C39 Híbrido de Eucalyptus urophylla (cruzamento natural); C41 Híbrido de Eucalyptus urophylla (cruzamento natural) e C11 Híbrido de Eucalyptus brassiana (cruzamento natural). Para a quantificação do volume de madeira foi utilizado o processo de cubagem rigorosa pelo método de Smalian. A densidade básica da madeira e o poder calorífico
more » ... am determinados, respectivamente pelas normas ABNT (1984ABNT ( e 2003. O consumo de lenha foi obtido por meio do acompanhamento da calcinação da gipsita. O delineamento utilizado no experimento foi o inteiramente aleatório. As produtividades volumétricas de tais clones foram, respectivamente, 158,46, 132,20 e 164,89 m³/ha aos 7,5 anos de idade, apresentando rendimentos durante a calcinação da gipsita de 0,16, 0,10 e 0,13 metros cúbicos de lenha por tonelada de gesso produzida, quando a lenha foi utilizada em forma de toras. Para a lenha em cavacos os rendimentos foram de 0,11, 0,08 e 0,09 metros cúbicos por tonelada de gesso, resultados bem acima dos melhores rendimentos da lenha de vegetação nativa, que são de 0,16 metros cúbicos por tonelada. Palavras-chave: Polo Gesseiro do Araripe; eucaliptocultura; demanda energética. ABSTRACT This study aimed to evaluate the volumetric efficiency and energy produced by three different hybrid clones of Eucalyptus sp. C39 Hybrid Eucalyptus urophylla (natural crossing); C41 Hybrid Eucalyptus urophylla (natural crossing) and C11 Hybrid Eucalyptus brassiana (natural crossing). The Smalian method was used to quantify the volume of wood. The basic wood density and the calorific value were determined in accordance with their respective Brazilian Association of Technical Standards (1984 and 2003) . The firewood consumption was obtained through the monitoring the calcination of gypsum. The statistical analysis was done considering a complete randomized design. The volumetric productivity of these 7.5 year-old clones were 158.46, 132.20 and 164.89 m³/ha, respectively. The amount of wood cubic meters, in
doi:10.5902/198050985740 fatcat:4ikqfslmgjccjla4hxujmqkhdm