Fenologia do alecrim-pimenta (Lippia sidoides Cham.) em área de Cerrado, no norte de Minas Gerais, Brasil

W.G.O Carvalho Júnior, M.T.P Melo, E.R Martins
2011 Revista Brasileira de Plantas Medicinais  
Este trabalho teve como objetivo descrever o comportamento fenológico de Lippia sidoides Cham., em área de Cerrado, no norte de Minas Gerais, buscando-se subsidiar o processo de domesticação da espécie, por meio do estudo da ocorrência e duração das fenofases vegetativas e reprodutivas da espécie, bem como avaliar a influência dos fatores climáticos da região em cada fenofase, e ainda verificar a sincronia dessas fenofases entre os indivíduos. Vinte indivíduos foram avaliados mensalmente no
more » ... mensalmente no período de fevereiro de 2007 a fevereiro de 2009, quanto à intensidade e sincronia das fenofases de brotamento, folhas maduras, senescência foliar, floração, frutificação e queda foliar. Houve acentuada periodicidade na ocorrência dos eventos fenológicos foliares, sendo que essa periodicidade acompanhou a estacionalidade climática da região, evidenciando a forte influência dos fatores abióticos, principalmente da precipitação e umidade relativa do ar. O alecrim-pimenta apresentou comportamento caducifólio, com alta taxa de queda foliar durante grande parte do ano. A floração ocorreu no período de fevereiro a abril, enquanto a frutificação alcançou o pico de intensidade no mês de maio. Todas as fenofases apresentaram altos índices de sincronia, sendo esse um fator facilitador do manejo da espécie.
doi:10.1590/s1516-05722011000200015 fatcat:unnxbkrcxre4rf2pot6npurnsi