EFEITOS ADVERSOS À POLIQUIMIOTERAPIA EM PACIENTES COM HANSENÍASE ATENDIDOS NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NA CIDADE DE CAJAZEIRAS - PB

Vagner Alexandre De Sousa, TADEU AUGUSTO FILHO, Marilena Maria De Souza, ANA EMÍLIA FORMIGA MARQUES
2020 Educação Ciência e Saúde  
Resumo A hanseníase é uma doença crônica granulomatosa, proveniente de infecção causada pelo bacilo Mycobacterium leprae. Desde a década de 1980, foram preconizados pela Organização Mundial de Saúde a Poliquimioterapia para tratamento da doença, sendo composta pela combinação das drogas dapsona, clofazimina e rifampicina. Diante disso, objetivou-se verificar os efeitos adversos às drogas usadas e irregularidades no tratamento da hanseníase e a ocorrência na mudança de esquema terapêutico, a
more » ... terapêutico, a partir da revisão dos prontuários de pacientes tratados nas Unidades Básicas de Saúde do município de Cajazeiras-PB. Estudo de caráter retrospectivo e documental, com abordagem quantitativa. Foram coletados dados dos prontuários de 48 pacientes que concluíram o tratamento para hanseníase entre janeiro de 2013 a maio de 2016. Os efeitos cutâneos relacionados à clofazimina foram os mais frequentes dentre os efeitos adversos, tais como a hiperpigmentação da pele (45,8%) e ictiose/xerose (37,5%). Dentre as reações adversas encontradas em exames laboratoriais, se destaca a anemia (25%), associada ao uso da dapsona. O surgimento de reações adversas medicamentosas interferiu na adesão ao tratamento, no qual foi confirmado o abandono de dois pacientes. Sendo assim, faz-se necessário que haja uma busca ativa eficaz dos pacientes, para prevenir casos de abandono. Palavras-chave: Hanseníase. Efeitos Adversos. Poliquimioterapia. Abandono. EDUCAÇÃO CIÊNCIA E SAÚDE | http://dx. Abstract Leprosy is a chronic granulomatous disease, caused by infection caused by the bacillus Mycobacterium leprae. Since the 1980s, polychemotherapy for the treatment of the disease has been recommended by the World Health Organization, consisting of the combination of dapsone, clofazimine and rifampicin. Therefore, the objective was to verify the adverse effects of the drugs used and irregularities in the treatment of leprosy and the occurrence of changes in the therapeutic scheme, based on the review of the medical records of patients treated in the Basic Health Units of the municipality of Cajazeiras-PB. Retrospective and documentary study, with a quantitative approach. Data were collected from the medical records of 48 patients who completed treatment for leprosy between January 2013 and May 2016. Cutaneous effects related to clofazimine were the most frequent of the adverse effects, such as skin hyperpigmentation (45.8%) and ichthyosis / xerosis (37.5%). Among the adverse reactions found in laboratory tests, anemia (25%), associated with the use of dapsone, stands out. The emergence of adverse drug reactions interfered with treatment adherence, in which the abandonment of two patients was confirmed. Therefore, it is necessary to have an effective active search for patients, to prevent cases of abandonment.
doi:10.20438/ecs.v7i1.254 fatcat:ank4wuw2cjcxbhcct4prlxqrla