Desenvolvimento da AET quando o trabalho prescrito não está claro: o caso de uma indústria alimentícia

Ingrid Losekan, Joice Priscila Silveira Dias, Corintha Da Trindade Dias Neta, Juliano Ramires de Moraes Bagiotto, Luis Antonio dos Santos Franz
2019 Revista Produção Online  
A Ergonomia vem alcançando atenção ao contribuir em melhorias no setor alimentício, principlamente na obtenção de ambientes mais adequados, confortáveis e seguros. Neste contexto, o presente objetiva apresentar a aplicação de uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET) em uma indústria de alimentos no extremo sul do Brasil. Para isso, buscou-se primeiramente apoio téorico para compreender o cenário estudado. A seguir, foi desenvolvida uma AET considerando o caminho metodológico proposto por Iida e
more » ... proposto por Iida e Guimarães (2016). Os resultados permitiram identificar desafios importantes para a empresa, principalmente no tocante à Ergonomia Física e Ergonomia Organizacional. As ações de melhoria de menor investimento financeiro foram propostas e implementadas, contribuindo em vários pontos, integrando melhoria do conforto do trabalhador concomitante à maior eficiência do processo. Investimento mais onerosos e complexos foram direcionados para discussões posteriores no âmbito da gerência da empresa e fora do escopo de abrangência do presente trabalho.
doi:10.14488/1676-1901.v19i4.3485 fatcat:uqzar5hsz5d3jbwxmwyeg3jx5a