Infecção por enteroprotozoários zoonóticos em população de comunidades, Pernambuco-Brasil / Zoonotic enteroprotozoan infection in communitypopulation, Pernambuco-Brazil

Ana Carolina Messias de Souza Ferreira Da Costa, Edenilze Teles Romeiro, Giscélia Maria de Oliveira Pontes, Halana Meirinhos Pessoa, Ivanise Maria Da Silva, Maria Aparecida da Glória Faustino
2021 Brazilian Journal of Development  
RESUMO Infecções causadas por enteroprotozoários representam um importante problema em saúde pública. Enteroprotozoários são responsáveis por infecções que acometem o intestino de seu hospedeiro com possível transmissão por animais ao homem. A transmissão ocorre, principalmente, por meio da via fecal-oral com a ingestão de água e alimentos contaminados. As condições socioeconômicas desfavoráveis são fatores que favorecem a presença de protozoários entéricos no Nordeste brasileiro. O presente
more » ... eiro. O presente trabalho objetivou estimar a frequência dos enteroprotozoários e analisar a associação entre a infecção por enteroprotozoários e as condições higiênico-sanitárias e Brazilian Journal of Development sociodemográficas de comunidades do Recife, Goiana, Igarassu e Camaragibe -estado de Pernambuco, Brasil. Os indivíduos participantes foram convidados a assinar um termo de Consentimento e Livre Esclarecido. As amostras fecais foram submetidas a exames parasitológicos, utilizando as técnicas de Willis (flutuação simples), Hoffman (sedimentação espontânea), Faust (centrífugo-flutuação), kato-katz, sistema Coproplus e centrífugo-sedimentação em formol éter confeccionando-se três lâminas para cada amostra em cada tipo de exame realizado. No total de amostras fecais analisadas a positividade foi de 15,5%, com frequência de infectados significativamente maior para pessoas com renda até um salário mínimo, detectando-se predominantemente Isospora belli além de Entamoeba spp. e Giardia spp. Conclui-se que a infecção por enteroprotozoários está presente nas comunidades analisadas, associada à renda familiar dos indivíduos e favorecida por condições socioeconômicas desfavoráveis e condições higiênico-sanitárias inadequadas. Palavras-chaves: Parasitismo, Entamoeba spp., Isospora belli, Giardia spp. ABSTRACT Infections caused by enteroproterozoans pose a major public health problem. Enteroprotozoans are responsible for infections that affect the intestine of their host with possible transmission by animals to humans. Transmission occurs primarily through the fecal-oral route with ingestion of contaminated food and water. Unfavorable socioeconomic conditions, lack of basic sanitation and tropical climate are factors that favor the presence of enteric protozoa in the Brazilian Northeast. The objective of this study was to estimate the frequency of enteroprotozoans and to analyze the association between enteroprotozoal infection and the hygienic-sanitary and socio-demographic conditions of the communities of Goiana, Igarassu and Camaragibe -Pernambuco state, Brazil. To participate in the research, people wereinvited to sign a Consent and Free Informed Term, selected by non-probabilistic sampling. The fecal samples were submitted to parasitological tests using Willis (simple flotation), Hoffman (spontaneous sedimentation), Faust (centrifugal-flotation), Kato-katz, Coproplus system and centrifugal flotation in formaldehyde making three slides for each sample in each type of examination performed. In the total of fecal samples analyzed the positivity was 15.5%, with infected frequency significantly higher for people with income up to a minimum wage, being det.ected predominantly Isospora belli besides Entamoeba spp. and Giardia spp. It is concluded that enteroproterozoal infection is present in the analyzed communities, associated to the family income of the individuals and favored by unfavorable socioeconomic conditions and inadequate hygienic-sanitary conditions.
doi:10.34117/bjdv7n4-205 fatcat:nunsxwigx5cxpnibsetsjgk2xy