Uma jornada para o conhecimento

Angela Meirelles Oliveira
2016 Revista eletrônica da ANPHLAC  
científica de circum-navegação dos norte-americanos. São Paulo: Intermeios, 2015. 250 p. Abarcar a complexidade analítica de uma viagem de circum-navegação no século XIX é um esforço monumental. Mary Anne Junqueira o empreendeu e foi muito bem-sucedida. Sua obra dá conta dos múltiplos aspectos envolvidos na jornada marítima de quatro anos, seis veleiros e 346 homens comandados pelo capitão Charles Wilkes. A viagem frutificou em um relatório de 23 volumes (cinco dos quais concentraram as
more » ... entraram as narrativas do capitão), material que serviu como fonte para a pesquisa histórica. Para além da grande dimensão da expedição, os interesses com que percorreu o globo foram variados e abrangeram os de investigação científica (em diversos ramos da ciência tais como a biologia e a cartografia), geopolíticos, simbólicos e estratégicos, que foram examinados com perspicácia pela autora. O trabalho, ademais, veio suprir uma lacuna historiográfica a respeito da U.S. Exploring Expedition, ausente mesmo da literatura estadunidense. A mais evidente contribuição da obra para a historiografia é o exercício de escrita de uma história pós-colonial e transnacional, caracterizada pelo cruzamento de fronteiras e dos espaços nacionais ou, como a autora defende, por questionar, "os discursos entre norte e sul (categorias entre centro e periferia, modernidade e atraso etc.)" (p. 21). O desafio de aliar a perspectiva nacional à análise foi cumprido com rigor por meio da compreensão dos anseios de 1
doi:10.46752/anphlac.21.2016.2526 fatcat:xp2mpyl4ljbutemexg3fr6ujvm