Da Capadócia ao feitiço: alteridade, poética e religiosidade em Batuque

Mariana Janaina Dos Santos Alves
2018 Litterata: Revista do Centro de Estudos Hélio Simões  
O artigo se compõe a partir dos estudos realizados na tese de doutorado Tradução cultural, intersemiótica e negritude nos poemas de Bruno de Menezes e de Léopold Sédar Senghor: modernismo na obra Batuque e Éthiopiques. A abordagem crítica é fundamentada nos aspectos da alteridade, poética e religiosidade empregados nas criações literárias Louvação do Cavaleiro Jorge e Oração da cabra preta, ambos poemas do livro Batuque de Bruno de Menezes que foi publicado, pela primeira vez, em 1931.
more » ... , em 1931. Escolhemos, entretanto, para o estudo, os poemas que constam na edição especial que foi lançada em Belém do Pará, no ano de 1966. Na obra, tem-se a alteridade poética exemplificada na produção meneziana com características fundamentais da composição moderna empregada da literatura feita na Amazônia, no início do século passado. Assim, o artigo discorre sobre a religiosidade e o misticismo aliando os postulados da literatura, dos estudos culturais e antropológicos, como vieses complementares.
doi:10.36113/litterata.v8i2.2054 fatcat:tpmbmj32zfaidfxrsp4g2joxgu