GEOGRAFIA E TEATRALIDADE: UMA RELAÇÃO DE PLURALIDADE CULTURAL E (RE)CONHECIMENTO NO NOROESTE FLUMINENSE

Rafael De, Souza Dias, Victor Pereira De Sousa
unpublished
RESUMO O presente trabalho tem como objetivo mostrar a nossa visão, fundamentada nos preceitos da Geografia, diante da importância que a cultura exerce na sociedade. Para tanto, buscaremos relacionar o teatro como porta para uma nova forma de conhecimento, de interação, de vida e, principalmente, de resistência. Como exemplo dessa mencionada resistência, apresentaremos alguns dados sobre o panorama o panorama artístico do estado do Rio de Janeiro, focando em um grupo teatral que se estabeleceu
more » ... que se estabeleceu autonomamente no extremo noroeste do interior fluminense, buscando compreender o significado desta atividade cultural em seus grupos sociais. Para isso, utilizaremos como método de análise o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), desenvolvido por Fernando Lefèvre e Ana Maria Cavalcanti Lefèvre. Percebemos aqui como a cultura abrange de maneira diferente a vida de cada indivíduo, mas, de uma maneira geral, ela é capaz de permanecer como elemento-chave de uma vida concreta e harmoniosa. Palavras-chave: cultura; teatro; resistência. INTRODUÇÃO O termo cultura, em sua definição mais primitiva, refere-se ao ato de cultivar. Hoje, quando falamos de cultura, referimo-nos aos hábitos, traços e manifestações próprias de cada sociedade. O desenvolvimento da humanidade é marcado por atritos e choques culturais em determinados momentos históricos e que, de alguma forma, contribuíram para o atual cenário social global e local. É muito comum, ao caminharmos pela rua, não prestarmos atenção em quem está à nossa volta ou em quem nos entrega o jornal em uma banca, mas, com certeza, em todos nós, há traços culturais que são amostras de nossas raízes, que transparecem
fatcat:whpvh46offgpbjvnugqqozyipy