Produção de seis gramíneas manejadas por corte sob efeito de diferentes lâminas de irrigação e estações anuais

Carlos Augusto Brasileiro de Alencar, Antônio Carlos Cóser, Rubens Alves Oliveira, Carlos Eugênio Martins, Fernando França da Cunha, José Luís Aguiar Figueiredo
2009 Ciência e Agrotecnologia  
Objetivou-se avaliar a produtividade e o teor de matéria seca de gramíneas manejadas por corte sob efeito de diferentes lâminas de irrigação e estações do ano. O experimento foi conduzido em esquema de parcelas sub-subdivididas, tendo nas parcelas seis gramíneas (Xaraés, Mombaça, Tanzânia, Pioneiro, Marandu e Estrela), nas subparcelas seis lâminas de irrigação (0, 18, 45, 77, 100 e 120% da referência) e nas sub-subparcelas as estações (outono/inverno e primavera/verão) no delineamento
more » ... ineamento inteiramente casualizado, com duas repetições. Para diferenciar a aplicação das lâminas de irrigação, utilizou-se o sistema por aspersão em linha. A produtividade e o teor de matéria seca foram obtidos por meio do material seco em estufa ventilada a 60ºC, por 72 h. Observou-se efeito das gramíneas, estações anuais e lâminas de irrigação nas duas características avaliadas. Na estação outono/inverno as gramíneas não diferiram e na primavera/verão a gramínea Pioneiro apresentou maior produtividade de matéria seca. Independente da estação, essa mesma gramínea apresentou o menor teor de matéria seca. A estação primavera/verão proporcionou maior produtividade e não afetou o teor de matéria seca. As lâminas de irrigação aumentaram a produtividade das gramíneas na estação outono/inverno e não afetaram ou diminuíram na estação primavera/verão. Esse mesmo fator reduziu o teor de matéria seca.
doi:10.1590/s1413-70542009000500016 fatcat:q3johmby5jfydpueo564kndgw4