O papel do exercício físico na apoptose em modelo de isquemia cerebral experimental [thesis]

Lucas Barbosa Porsani
RESUMO Porsani, LB. O papel do exercício físico na apoptose em modelo de isquemia cerebral experimental. 2020. 54f. Dissertação de mestrado -Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, 2020. Introdução: O acidente vascular cerebral (AVC) é um grande problema de saúde pública, com altas taxas de mortalidade e altos níveis de incapacidade. Entre 1990 e 2010, o AVC aumentou da quinta para a terceira principal causa de incapacidade. Além disso, sua incidência tem aumentado
more » ... cia tem aumentado entre pessoas mais jovens, situação em que existem sequelas significativas na saúde e aumento nos custos sociais. Há evidências de que o exercício físico promove efeitos neuroprotetores quando utilizado como tratamento terapêutico em modelo de isquemia experimental. Entretanto, os mecanismos de neuroproteção ainda não estão bem elucidados Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar por PCR em tempo real o perfil de expressão dos microRNAs miR-21, miR-16, miR-155 no sangue e no tecido (foco isquêmico) em ratos, após a realização dos treinamentos físicos pré-isquemia cerebral focal. Materiais e Métodos: Foram utilizados 48 ratos da linhagem Wistar divididos em quatro grupos experimentais: grupo controle, grupo isquemia, grupo exercício e grupo exercício + isquemia. A metodologia de PCR em tempo real foi utilizada para analisar a expressão dos miRNAs; miR16, miR-21, miR-155, CASPASE-3 e Bcl-2. Resultados e conclusões: Em nosso estudo não observamos diferenças estatísticas significativas na expressão dos miRNAs: miR-16, miR-21, miR-155 e dos genes BCL-2 e CASPASE-3 no tecido cerebral nos grupos submetidos à isquemia cerebral e ao exercício físico quando comparados ao grupo controle. Palavras chaves: Isquemia cerebral, exercício físico, microRNA, apoptose. ABSTRACT ______________________________ ABSTRACT Porsani, LB. The role of physical exercise in apoptosis in an experimental cerebral ischemia model. 2020. 54f. Master's dissertation -Faculty of Medicine of Ribeirão Preto, University of São Paulo, 2020. Introduction: Stroke is a major public health problem, with high mortality rates and high levels of disability. Between 1990 and 2010, for example, stroke increased from the fifth to the third leading cause of disability. In addition, its incidence has increased among younger people, a situation in which there are significant health consequences and an increase in social costs. There is evidence that physical exercise promotes neuroprotective effects when used as a therapeutic treatment in an experimental ischemia model. However, the mechanisms of neuroprotection are still not well understood. Objective: The objective of this study was to evaluate by real-time PCR the expression profile of the microRNAs miR-21, miR-16, miR-155 in the blood and tissue (ischemic focus) of the animals after the performance of physical training before focal cerebral ischemia. Materials and Methods: 48 Wistar rats were used. The animals were divided into four experimental groups: control group, ischemia group, exercise group and exercise + ischemia group. The real-time PCR methodology was used to analyze the expression of miRNAs; miR16, miR-21, miR-155, CASPASE-3 and Bcl-2. Results and conclusions: In our study, we did not observe statistically significant differences in the expression of miRNAs: miR-16, miR-21, miR-155 and in the BCL-2 and CASPASE-3 genes in brain tissue in the groups undergoing cerebral ischemia and exercise when compared to the control group.
doi:10.11606/d.17.2020.tde-07092020-102709 fatcat:lavsc2xuhrhslczlqcokdgjc3u