Transtorno mental materno e desenvolvimento infantil: percepções sobre essa realidadea
Maternal mental disturbances and infantile development: perceptions on this reality

Maria Fernanda Barboza Cid, Thelma Simões Matsukura, Maria Denise Pessoa Silva
2012 O Mundo da Saúde  
Resumo Considerando os apontamentos da literatura de que o transtorno mental materno constitui um importante fator de risco para o desenvolvimento emocional dos filhos, o presente estudo objetivou identificar a percepção de mães com transtorno mental e de seus filhos, a respeito de sua realidade, focalizando aspectos relativos ao transtorno mental materno, ao cuidado dispensado às crianças e a autopercepção das mesmas. Foram participantes quatro crianças de 7 a 12 anos e suas mães. Os
more » ... mães. Os instrumentos utilizados foram: Roteiros de entrevistas semiestruturados, aplicados junto às mães e às crianças e a Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI), aplicada junto às mães. Os principais resultados indicam que as crianças recebem apoio dos familiares em seu cotidiano, desempenham o papel de cuidadores e fornecem suporte emocional às suas mães nos momentos de crises advindas do transtorno mental; identificam o que consideram bom e difícil em suas vidas e se autodescrevem a partir de aspectos como retraimento e tristeza. Palavras-chave: Desenvolvimento Infantil. Saúde Mental. Fatores de Risco. Abstract Considering observations in the literature that maternal mental disturbances constitute an important risk factor for the emotional development of children, the present study aims to identify the perception of mothers with mental disturbances and their children regarding this reality, focusing on aspects concerning maternal mental disturbances, care given to children and their self-perception. Subjects were four children from 7 to 12 years of age and their mothers. The used instruments were: scripts for semi-structured interviews applied to the mothers and the children and the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI), applied to the mothers. The main results indicate that children receive support from family members in daily life, play the role of carers and offer emotional support to their mothers at moments of crises caused by mental disturbances; they identify what they consider good and difficult in their lives and describe themselves in terms of aspects such as withdrawal and sadness.
doi:10.15343/0104-78092012362265275 fatcat:3tjsgjv2qveqlkforiigurxsie