Avaliação hematológica de éguas gestantes infectadas por Theileria equi e suplementadas com vitamina E nas dietas

Cristiana Portz, Fernando Queiroz de Almeida, Carlos Luiz Massard, Paula Vieira Evans Hossell Laranjeira
2007 Revista Brasileira de Ciência Veterinária  
Resumo Este estudo foi conduzido na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro utilizando éguas gestantes das raças Mangalarga Marchador e Bretão Postier provenientes de local endêmico para a babesiose eqüina. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resposta dos parâmetros hematológicos e imunológicos em eqüinos infectados por Theileria equi e alimentados com dieta suplementada com vitamina E. Foram utilizadas oito éguas Mangalarga Marchador e quatro éguas Bretão Postier com dietas
more » ... as 80mg vitamina E/100kg peso vivo, durante 30 dias até o parto. As alterações hematológicas observadas nas éguas não foram significativas, considerando-se os casos crônicos de babesiose. Houve predominância de leucocitose e linfocitose, sem diminuição do VGM nos potros de ambas as raças, cujas éguas foram suplementadas com vitamina E. A suplementação dietética de vitamina E não foi suficiente para modular a resposta imune nas éguas e potros nascidos de éguas das raças Mangalarga Marchador e Bretão Postier alimentadas com dietas suplementadas com vitamina E. Palavras-chave: babesiose eqüina, imunomodulação, vitamina E. Abstract This study was carried out at Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro with pregnant mares and foals of Mangalarga Marchador and Bretão Postier breeds living at an endemic area to equine babesiosis. This study aims to evaluate hematological and immunological parameters in horses infected by Theileria equi with supplemented diets with vitamin E. Eight Mangalarga Marchador and four Bretão Postier mares with diets supplemented with 80mg vitamin E/100Kg body weight/day during thirty days until parturation. Hematological alterations in mares were not important to chronic babesiosis in horses. WBC values from foals of Mangalarga Marchador and Bretão Postier mares with supplemented diets demonstrated leukocytosis and increase in relative and absolute values of lymphocytes, without decrease of the MCV.
doi:10.4322/rbcv.2014.251 fatcat:p6rpxrjlonc3rn4jbg7s3raymi