AUTOR E LEITOR-PREFERENCIAL NO GÊNERO COMENTÁRIO ONLINE AUTHOR AND PREFERENTIAL-READER AT GENRE COMMENT ONLINE

Guilherme Primo De Mendonça
unpublished
Resumo: Neste artigo lançamos um olhar sobre o gênero comentário online, a fim de conceituarmos o autor e o leitor-preferencial que interagem no ambiente virtual. Para tanto, primeiramente discutimos os aspectos gerais sobre gêneros, de acordo com Bazerman (2006), e a relação entre internet e gêneros, segundo o estudo de Marcuschi (2002). Esses passos antecedem a análise de um corpus composto por diversos comentários online propagados em dois portais de notícias e uma rede social; tal leitura
more » ... ssibilita compreendermos as configurações gerais do gênero e, assim, adentrarmos no tópico em que classificamos o autor e do leitor-preferencial. A conceituação contribui para um olhar mais profundo de um gênero pouco estudado. Palavras-chave: Comentário online. Gêneros. Autor. Leitor-preferencial. Abstract: In this article we launched look at the genre comment online, in order to conceptualize the author and the preferential-reader that interacting in virtual environment. For this, firstly we discuss the General aspects about genres, according to Bazerman (2006), and the relation between internet and genres, second the study of Marcuschi (2002). These steps precede the analysis of a corpus composed of various comments online propagated in two news portals and one social network; such reading makes it possible to understand the General settings of the genre and, thus, we turn to the topic in which we classify the author and the preferential-reader. The concept contributes to a deeper look of a genre little studied. Ao nos depararmos com as diferentes formas disponíveis para a interação entre os sujeitos no espaço virtual, surge a necessidade de no campo acadêmico nos dedicarmos ao estudo, inclusive, dos que produzem e recepcionam determinados gêneros. Dessa forma, por meio de uma pesquisa bibliográfica (FONSECA, 2002) discutiremos a visão de gêneros conforme os apontamentos de Bazerman (2006); de modo que nossa análise recai sobre a internet, nos apoiamos em estudos de Marcuschi (2002) para abordarmos os gêneros que emergem no meio eletrônico.
fatcat:ksu3haifgneetmh7vedlil473y