Nadir Afonso - o mínimo e o maior

Maria de Fátima Lambert
2018 Revista Visuais  
A obra de Nadir Afonso aborda-se com responsabilidade estética, antropológica e historiográfica. Há que ponderar a sua globalidade, a sua polissemia, destacando e identificando os elementos mínimos para atingir o maior. A responsabilidade sociocultural aglutina, portanto, seguindo o raciocínio, as demais, tornando-as partes imprescindíveis de um corpus teórico e poiético.
doi:10.20396/visuais.v4i7.12128 fatcat:nasdlaes2fcplowm5exjnxhdmq