DEPRESSÃO E INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA: UMA ANÁLISE PSICOSSOCIOLÓGICA

Maria da Penha de Lima Coutinho, Fabrycianne Gonçalves Costa
2015 Psicologia & Sociedade  
Este estudo objetivou apreender as representações sociais (RS) elaboradas por pacientes nefrológicos em tratamento da hemodiálise e por seus familiares acerca da depressão e da insuficiência renal crônica (IRC). A amostra foi não probabilística, com 52 participantes, dos quais 26 eram pacientes, submetidos a um questionário sociodemográfico, à Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão, (subescala de depressão) e a uma entrevista semiestruturada. Os dados foram coletados em três hospitais e
more » ... rês hospitais e processados pelo SPSS 19.0 e pelo Alceste, sendo analisados por meio da estatística descritiva e análise lexical. Verificou-se que a RS da depressão foi ancorada nos elementos psico/cognitivo, físico/orgânico e psicossocial, objetivada principalmente na tristeza e no isolamento. A IRC foi representada com base nas adversidades psicossociais vivenciadas pelos grupos de pertença investigados. Observou-se que esta doença foi ancorada no suporte familiar e espiritual, nas restrições hídricas e alimentares, sendo associada ao desconhecimento da hemodiálise.
doi:10.1590/1807-03102015v27n2p449 fatcat:tmsph4lzprdcvfxpvdqiof5kvy