"A intestina batalha" socialista moçambicana através de 'Crônica da Rua 513.2', de João Paulo Borges Coelho

Fernanda Bianca Gonçalves Gallo
2018 Abril  
O presente texto analisa a experiência socialista moçambicana representada na obra Crônica da Rua 513.2, de João Paulo Borges Coelho, argumentando que o projeto literário do autor, e desta obra em especifico, questiona a história oficial pós-independente indicando silêncios e propondo memórias outras. Através da tríade Unidade, Trabalho e Vigilância, o artigo percorre o cotidiano de transformações de uma rua comum de Maputo, durante o processo de transição entre o colonialismo e a edificação do
more » ... o e a edificação do socialismo, atentando para as mais variadas relações estabelecidas entre um grupo de vizinhos (novos e antigos) com a nova ordem política pós-colonial. O objetivo principal do texto e, portanto, analisar a potencialidade da literatura de Borges Coelho em seu constante exercício de dilatação da(s) historia(s) moçambicana(s), indicando uma visceral relação entre ciências humanas e literatura. ---DOI: http://dx.doi.org/10.22409/abriluff2018n21a529.
doi:10.22409/abriluff.v10i21.29970 fatcat:yammqitx2vdjjefbh7hjh773e4