Interfaces entre territorialidade e identidade: analisando as vivências das mães do Grupo Maternati

Sara Fernandes Picheth, Priscilla Borgonhoni Chagas
2018 Cadernos EBAPE.BR  
Resumo O objetivo neste artigo é analisar as interfaces entre territorialidade e identidade por meio das vivências de mães pertencentes ao Maternati - Grupo de Apoio a Gestantes e Mães de Maringá/PR. Buscamos compreender como as identidades são moldadas pelo pertencimento a um território. Para tal, pautamo-nos principalmente pela dimensão simbólica de território, com enfoque sobre os conceitos de territorialidade e identidade. Para alcance do objetivo proposto, adotamos como estratégia
more » ... estratégia metodológica o estudo de caso único. Com enfoque qualitativo, realizamos observação não participante por doze meses nas atividades do grupo, bem como entrevistas semiestruturadas com mães e coordenadoras que o integram, sendo tais dados trabalhados pela análise crítica do discurso. Como resultado, os dados empíricos demonstraram a influência mútua entre territorialidade e identidade. Por meio da territorialização do Maternati, há também uma conjugação entre identidades reproduzidas e novas identidades construídas que foram sendo incorporadas às práticas de maternidade cotidianas do grupo social. Ao mesmo tempo, a geração dessas novas identidades impactou na territorialidade do espaço. O convívio frequente entre as mulheres propiciou a reprodução das práticas e seu avanço para além do território do Maternati, expandindo-se para outros espaços físicos, territorializando novos espaços e se estendendo para além da área da maternidade.
doi:10.1590/1679-395167131 fatcat:tu3vrqvzqjfble4fz6dvsdkv64