IDENTIDADES, SABERES E PRaTICAS

Antonio Flavio Barbosa Moreira
2008 EDUCAÇÃO E FILOSOFIA  
O texto acentua a importância da discussão da identidade nos dias de hoje e a utiliza para analisar a presença dos "estranhosâ€? em nossas salas de aula. Procura caracterizar o estranho e mostrar como, ao longo dos tempos, a escola buscava a homogeneização, expulsando o estranho. Defende que a concepção pós-moderna de identidade pode sugerir estratégias pedagógicas para se lidar com o estranho, de modo que ele se torne menos estranho na sala de aula.
doi:10.14393/revedfil.v20n40a2006-245 fatcat:6ohms7nvmnhuxon47esyeumcle