PARAÍSO E EMBRIAGUEZ: TRADUÇÃO COMENTADA DE GAZÉIS DE HAFIZ DE XIRAZ [thesis]

NICOLAS THIELE VOSS DE OLIVEIRA
Agradecimentos Ao meu orientador, prof. Paulo Britto, por sua generosidade sem limites, por sua abertura e vontade em trilhar comigo esse caminho, por seu imenso conhecimento que gerou tantas contribuições vitais para esse trabalho. À minha esposa, Carol, por seu apoio e incentivo tanto nos momentos fáceis quanto nos difíceis, por seu amor e compaixão que sempre me ajudaram a encontrar o meu centro. Por sua paciência nesses últimos três meses. Aos meus pais, Denise e Edgard, por terem me
more » ... histórias persas quando eu era criança, plantando a semente disso tudo. Às minhas professoras de persa, Jaleh e Heeva, por toda a ajuda, paciência e entusiasmo. Aos professores Helena Franco Martins, Michel Sleiman e Marcia Martins, por aceitarem o convite de compor a banca. À Chiquinha, secretária do PPGEL, por sua ajuda e disponibilidade. Aos meus amigos do grupo de pesquisa, cujo companheirismo, apoio e questionamentos foram essenciais para o desenvolvimento dessa pesquisa, me ajudando com soluções para incontáveis versos. Eduardo, Amarílis, Ciça, Marcela e Vitor: sou eternamente grato a todos vocês. No presente trabalho, faço traduções comentadas de dez gazéis do poeta persa do século XIV Hafiz de Xiraz. São traduções diretas do persa para o português, levando em consideração os elementos formais e temáticos do gazelum tipo de poema lírico estruturado em dísticos. No que tange a forma, buscou-se adaptar os elementos formais -entre os quais se pode destacar a monorrima e os versos longos -tomando emprestando recursos da poesia espanhola. Em termos temáticos, as traduções consideraram as convenções tradicionais da poesia lírica amorosa do gazel, bem como a influência do sufismo, corrente mística do Islã. Considera-se que um elemento central da poética hafiziana é o jogo entre significados profanos e místicos, gerando indefinição e questionamento no leitor. Os gazéis que foram selecionados não seguem necessariamente uma linha em comum, mas são poemas icônicos de seu divã, frequentemente traduzidos. Palavras-chave Poesia; tradução de poesia; Hafiz de Xiraz; gazel; poesia persa clássica; poesia erótica PUC-Rio -Certificação Digital Nº 1812277/CA Abstract Oliveira, Nicolas Thiele Voss de; Britto, Paulo Fernando Henriques (Advisor). Paradise and intoxication: annotated translation of ghazals by Hafez of Shiraz. Rio de Janeiro, 2020. 173p. Dissertação de Mestrado -Departamento de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. This thesis presents annotated translations of ten ghazals by the 14 th -century Persian poet Hafez of Shiraz. These are direct translations from Persian into Portuguese, considering the formal and thematic elements of the ghazal -a genre of poem structured in couplets. In terms of form, my translation tries to adapt the formal elements of the ghazal -mainly its monorhyme and long lines. When it comes to themes, the translations take into consideration the traditional conventions of the amorous lyric ghazal, as well as the influence of Sufism -usually defined as Islamic mysticism. I see the interplay between profane and mystic meanings as a central aspect of Hafezian poetics, generating uncertainty in the reader. The ghazals that have been selected for translation do not necessarily follow a common thread, but are all iconic, oft translated, poems from his divan.
doi:10.17771/pucrio.acad.48254 fatcat:qlahuk7bgnh3ddk6ddeks3omve