REMUNERAÇÃO VARIÁVEL NAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE E-COMMERCE: UM ESTUDO DAS MAIORES EMPRESAS NACIONAIS

Raul Gomes Pinheiro, Edison Roberto Carvalho, Monica Silva Pereira
2018 Revista Gestão Inovação e Negócios  
Com o objetivo de evidenciar como as remunerações variáveis ocorrem nas empresas de e-commerce, foram analisadas as demonstrações financeiras do ano de 2016 das Lojas Americanas, Magazine Luiza, Raia Drogasil, Livraria Saraiva e B2W tidas como as mais relevantes deste segmento. Constatou-se que as informações relacionadas ao comércio eletrônico são pouco divulgadas, ou divulgadas de forma não uniforme, ou seja, cada empresa divulga os resultados obtidos na venda pela internet de um jeito. Esta
more » ... alta de padronização dificulta a interpretação dos dados contidos nestas demonstrações financeiras no que se refere ao comercio eletrônico. A segregação entre segmentos permite avaliar com nitidez os dados referentes ao lucro a forma como seus executivos são remunerados. Ainda assim, observa se que as empresas remuneram seus principais executivos utilizando planos de remuneração variável e distribuem seus lucros por meio de distribuição de dividendos e remuneração com base em ações, de acordo com as regras vigentes. Entretanto, nas demonstrações financeiras de algumas empresas as receitas obtidas pelo e-commerce são somadas as receitas obtidas pelas lojas físicas, o que impede de determinar qual o resultado desta empresa se considerar apenas o comércio eletrônico. Isto posto, para as empresas de e-commerce que atuam também com lojas físicas, para o resultado final e a distribuição de dividendos irá considerar uma única receita de vendas.
doi:10.29246/2358-9868.2018v4i1.p72-92 fatcat:iougqrz4dzcppd7wxcx3ghos5i