Propriedades tensiométricas comparadas entre fragmentos do centro tendíneo do diafragma, pericárdio fibroso e peritônio parietal de bovinos não conservados e conservados em glicerina

Gregório Corrêa Guimarães, Márcia Rita Fernandes Machado, Antônio Carlos Shimano, César Augusto Sangaleti Terçariol, José Batista Volpon, Carlos Roberto Daleck
2008 Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science  
Objetivou-se descrever o comportamento do centro tendíneo do diafragma, pericárdio fibroso e peritônio parietal de bovinos não conservados e conservados em glicerina a 98% durante 30, 60 e 90 dias submetidos a ensaios mecânicos de tração. Utilizou-se para tanto dez bovinos com idade entre 30 meses e 36 meses, mestiços, machos e fêmeas, coletando-se de cada animal fragmentos das membranas referidas. O centro tendíneo do diafragma e o peritônio parietal não sofreram alteração significante
more » ... ) para os valores de tensão quando comparados os testes de resistência à tração do material não conservado com aqueles conservados em glicerina. Entretanto, todos os tecidos avaliados exibiram aumento significante (p£0,05) para os valores de alongamento quando conservados em glicerina 98% por até 90 dias. Verificou-se que o pericárdio fibroso é a membrana que suporta as maiores tensões, ou seja, maior força de tração por área de secção. Assim, concluiu-se que a glicerina é eficaz para conservação de membranas biológicas, além de alterar suas propriedades mecânicas.
doi:10.11606/s1413-95962008000700018 fatcat:g5zogh5ehfhirhcw7kqd4xgqbq