Demarcação das regiões do corpo no cavalo: Pescoço e tronco

Plínio Pinto e Silva, Armando Chieffi
1943 Revista da Faculdade de Medicina Veterinária Universidade de São Paulo  
Livre Docente Preparador 4 estampas (5 figuras) No trabalho que apresentamos sobre a demarcação das regiões da cabeça, no cavalo, propusemo-nos estudar as regiões do corpo deste e dos outros animais, em vista da inexistência de dados precisos dos limites das regiões nos diversos tratados. Para isto tomamos como base, principalmente, particularidades anatômicas que permitem, com mais precisão, demarcar as regiões sem auxílio de figuras, conservando, porém, as divisões adotadas em Exterior, pelos
more » ... em Exterior, pelos tratados clássicos. Publicamos agora, a segunda parte da série iniciada com a demarcação da cabeça, na qual abordaremos as regiões do pescoço e do tronco. Entende-se por Tronco, em Anatomia, uma das partes do corpo do animal, constituída pelo pescoço, tórax e abdomen. Em Exterior, nem todos os tratados seguem esta divisão, LESBRE inclui nesta região a cabeça, dizendo que o "tronco é a parte do corpo que tem por esqueleto a cabeça, coluna vertebral, costelas e esterno, compreendendo as três grandes cavidades, crânio-raquidiana, peitoral e abdominal. . . ". Outros seguem a divisão clássica anatômica e estudam a região do pescoço em capítulo a parte, dada sua grande importância fisiológica e morfológica. Em nosso trabalho, seguiremos a divisão adotada por diversos tratados de Ezoognósia, que consideram o tronco como a parte do corpo do animal que serve de arcabouço às cavidades torácica e abdôminopélvica, razão porque estudaremos separadamente o pescoço e a seguir, abordaremos a parte referente ao tórax e abdomen. (*) Demarcação das regiões da cabeça no cavalo -Rev.
doi:10.11606/issn.2318-5066.v2i3p127-150 fatcat:k2aqpfcydfalnji4vvvjo3ukqe