Avaliação da alterabilidade e da exalação do gás radônio em rochas ornamentais [thesis]

Paulo Giovany Quadros do Amaral
AGRADECIMENTOS Agradeço de forma formal a todos que me ajudaram e apoiaram para a realização deste trabalho, pois sozinho ninguém consegue nada, aproveitando para agradecer principalmente a minha família que sempre me apoiou na busca do conhecimento. Ao programa de Pós-Graduação do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, campus São Carlos. Aos professores, técnicos, funcionários e alunos da USP e da Unesp que colaboraram para a realização desta pesquisa. À Coordenação
more » ... uisa. À Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) pela bolsa de pesquisa de doutorado. À Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade de São Paulo (PRPG/USP) pelo custeio do 1º Congresso Luso-Brasileiro de Materiais de Construção Sustentáveis, Guimarães, Portugal. Agradeço também, de forma informal, o que foi muito especial em minha vida durante o período da pesquisa acadêmica em que resultou o meu título de Doutor. Agradeço a Deus, por tudo, pela minha fé e força para não desistir e superar os desafios que surgiram. Estudei um gás que sai da rocha e não se vê, mas consegue medir por um aparelho que capita a atividade radioativa. Não vejo Deus, mas às vezes sinto algo que parece capitar essa energia atribuída a Ele. Assim é a ciência, da vivência surgem as teorias, a qual tive fé no meu saber e comprovei a minha teoria nessa Tese. Agradeço especialmente à minha Mãe, Maria Lucia, que me incentivou correr atrás dos meus sonhos, sempre do meu lado mesmo, sendo o seu apoio fundamental para o meu crescimento. Agradeço ao meu Pai, Romildo, por tudo, pelos momentos ao meu lado, que foram especiais me ajudando na arrumação das amostras, apressado como sempre não conseguiu esperar pelo menos um ano para assistir a minha defesa de Doutorado, mas acredito que aonde estiver, ficou feliz ao ver meu trabalho terminado, pois sabia o quanto era muito importante para minha vida. Agradeço à minha única Irmã, Giovanna, pelo carinho e compreensão, por acreditar e me apoiar sempre em todos momentos. Também agradeço por ter me dado um Cunhado meio que irmão, Rubens, o qual também agradeço e vem me apoiando nessa vida acadêmica, assim também como a minha única Sobrinha, Elisabeth, que me faz tornar um Tio orgulhoso e acredito ser um bom exemplo para ela. Agradeço ao meu Amor, Aline, presente no momento que mais precisei de alguém do meu lado, responsável pelo equilíbrio entre a vida acadêmica e social, responsável por momentos de alegria, contribuindo indiretamente para a realização dos meus sonhos. Agradeço, em ordem cronológica, ao Prof. Dr. Antonio Carlos Artur, principal responsável pelo início dessa pesquisa e da minha vida acadêmica, fazendo questão de ser meu co-orientador, tornando um amigo, dedicando parte do seu tempo para conversas e reflexões sobre a pesquisa e a vida. À Prof. ª Dra. Tamar Milca Bortolozzo Galembeck, que no final da sua orientação do Mestrado, mesmo aposentada de suas funções, junto com o Prof. Dr. Artur, continuou me orientando para conseguir realizar o Doutorado no formato que estávamos idealizando. Ao Prof. Dr. Eduvaldo Paulo Sichieri por ter aceito me orientar e defendido minhas ideias, acreditando no meu potencial, quebrando paradigmas, pois com sabedoria compreendeu a importância do tema da radioatividade natural no ambiente construído dentro da Arquitetura. Ao Prof. Dr. Daniel Marcos Bonotto, por suas sugestões e contribuições nas atividades e produções da pesquisa, abrindo as portas do Laboratório de Isótopos e Hidroquímicas da Unesp de Rio Claro quando sempre precisei. Aos amigos de Cachoeiro de Itapemirim-ES desde a época da faculdade, Gleidson Bós e Renato Zanoteli, que contribuíram para conseguir as amostras, dedicando um tempo sem cobrar nada em troca. Também em ordem cronológica, agradeço as novas amizades de São Carlos-SP, começando pelo Victor José dos Santos Baldan, um amigo sempre presente, em que juntos transformamos um depósito de mesas e cadeiras dentro do Laboratório da Construção Civil do IAU/USP em uma sala de pesquisa, conhecida como "salinha", que apesar desse diminutivo sai grandes ideias. Ao Leandro Lima, pela amizade construída fora da USP. À Poliana Cardoso, amiga, frequentadora da salinha e responsável por me apresentar Aline. Ao Renato Lima de Oliveira, amigo responsável pelo café filosófico nos finais da tarde. À Taça Universitária de São Carlos -TUSCA, pois não é só de pesquisa que vive o homem. "Na vida, não existe nada a temer, mas a entender." Marie Curie RESUMO AMARAL, P. G. Q. Avaliação da Alterabilidade e da Exalação do Gás Radônio em Rochas Ornamentais. 2016. 120 f. Tese (Doutorado) -Instituto de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Carlos -SP, 2016. A presente Tese se baseia no estudo das rochas ornamentais em relação aos seus aspectos de alterabilidade e exalação do gás radioativo radônio, que irão influenciar diretamente na contaminação do ambiente construído no decorrer do seu tempo de uso. Este fato é devido às interações com o meio de onde é instalada a rocha, como exemplo da sua manutenção e limpeza, que implicará no seu padrão estético e estrutural, no qual poderá provocar um aumento da atividade e concentração do gás radônio no ambiente interno. Temas como a qualidade do ar interior relacionada à qualidade de vida do usuário, à radioatividade natural, o perigo do gás radioativo radônio no interior do ambiente construído e às rochas ornamentais como composição e uso na arquitetura são apresentados para embasamento da Tese, auxiliando no entendimento dos ensaios realizados. Para isso, cinco rochas ornamentais foram escolhidas e utilizadas em ensaios de alterabilidade química, ensaios de caraterização física e mecânica e ensaios de caracterização radiométrica a fim de prever o comportamento de uma dada rocha no ambiente ao ser aplicado na arquitetura. O ataque do ácido clorídrico nas rochas diminuiu sua resistência mecânica e aumentou a quantidade de radônio exalado, relacionado diretamente ao aumento da porosidade, aumentando também a eficiência da exalação na rocha. O ataque do hidróxido de potássio diminuiu a resistência das rochas, interferiu na porosidade, diminuindo ou mantendo estável a quantidade de radônio exalado em alguns casos. Demonstra que, mesmo conhecendo o material e a sua contribuição na adição do gás radônio no interior do ambiente, com o passar do tempo a rocha poderá aumentar sua exalação quando não conservadas, podendo aumentar o nível de radônio acumulado no ambiente construído. Com isso, a Tese realça a importância de conhecer o material que irá compor o interior do ambiente afim de prevenir futuros danos à saúde da edificação e dos usuários, facilitando assim o entendimento desses materiais e como interfere na qualidade do ambiente construído. Palavras-chaves: rochas ornamentais, gás radônio, radioatividade, contaminantes internos, ambiente construído. ABSTRACT AMARAL, P. G. Q. Evaluation of alterability and exhalation of Radon Gas in Dimension Stones. 2016. 120 f. Thesis (Doctoral) -Instituto de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Carlos -SP, 2016. The present Thesis is based on the Dimension Stones in relation to their aspects of alterability and exhalation of the radioactive radon gas, which will directly influence on the contamination of the built environment during its time of use. This fact is due to interactions with the environment where it is placed the rock, as an example of its maintenance and cleaning, which will result in its aesthetic and structural pattern, in which can cause an increase in the activity and concentration of the radon gas in the indoor environment. Topics such as indoor air quality related to the quality of life of the user, the natural radioactivity, the danger of radioactive radon gas inside the built environment and to ornamental rocks as composition and use in the architecture are presented for the basis of the thesis, helping in the understanding of the tests performed. For this, five ornamental rocks were chosen and used in chemical alterability tests, physical and mechanical characterization tests and radiometric characterization tests in order to predict the behavior of a given rock in the environment when applied in the architecture. The hydrochloric acid attack on the rocks decreased its mechanical resistance and increased the amount of exhaled radon, related directly to the increase of porosity, also increasing the exhaling efficiency in the rock. The attack of the potassium hydroxide decreased the resistance of the rocks, interfered in the porosity, reducing or maintaining stable the amount of radon exhaled in some cases. It shows that, even knowing the material and its contribution in addition to the radon gas inside the environment, with the passage of time the rock could increase its exhalation when not preserved, may increase the level of radon levels accumulated in the built environment. With this, the thesis emphasizes the importance of knowing the material that will make up the interior of the environment in order to prevent future damages to the health of the building and the users, thus facilitating the understanding of these materials and how it interferes in the quality of the built environment.
doi:10.11606/t.102.2017.tde-23012017-093147 fatcat:czyleutmmzcg5oicuwjryc42cq