Filters








1 Hit in 0.044 sec

Comparação do laser e do led no processo de cicatrização em feridas cutâneas: uma revisão

Simone De Paula
2016 Ciência & Saúde  
Artigo de revisão http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faenfi/about/ http://dx.Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional. http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ Comparação do laser e do led no processo de cicatrização em feridas cutâneas: uma revisão Comparison of laser and led in the process of healing cutaneous wounds: a review Simone de Paula a a
more » ... la a a Fisioterapeuta. Doutora em Saúde da Criança pela PUCRS. Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional (COFFITO). Docente do Curso de Fisioterapia da Universidade Feevale. RESUMO Objetivo: O objetivo desta revisão foi apresentar e comparar as evidências científicas atuais sobre os efeitos terapêuticos do LASER e do LED de baixa potência no processo de cicatrização cutânea através da análise de estudos experimentais em roedores. Materiais e Métodos: Revisão bibliográfica, realizada por meio de pesquisa nas bases de dados Medline/PubMed e SciELO. Foram selecionados artigos originais e experimentais disponíveis na íntegra que objetivaram comparar os efeitos terapêuticos do LASER e do LED no processo de cicatrização cutânea. As palavras-chaves e os operadores boleanos utilizados para a busca nas bases de dados foram: wound healing OR healing AND laser AND led. Foram incluídos artigos publicados nos idiomas inglês e português. Resultados: De um total de 232 artigos encontrados, cinco estudos foram selecionados para a presente revisão de literatura. Os anos de publicação variaram de 2007 a 2015. Três estudos utilizaram LASERs e LEDs com comprimentos de onda vermelhos (λ<700 nm) e dois estudos aplicaram ambos os espectros vermelhos e infra-vermelhos nos grupos analisados. A maioria dos estudos realizou um protocolo com, pelo menos, duas aplicações do LASER ou LED através da técnica de contato. A densidade de energia variou de 2,5 J/cm 2 a 40 J/cm 2 . Conclusão: Apesar da variabilidade metodológica apresentada nas investigações, os resultados destes estudos mostraram desfechos histológicos e imunohistoquímicos satisfatórios, sugerindo que estas terapias possam favorecer significativamente o processo de reparo tecidual. No entanto, estudos adicionais necessitam ser realizados a fim de definir estratégias clínicas seguras e efetivas para o uso da fototerapia na cicatrização de feridas. Palavras-chave: cicatrização; fototerapia; LASER. ABSTRACT Objective: The objective of this review was to present and compare the current scientific evidence on the therapeutic effects of low level LASER and LED in the cutaneous healing process through the analysis of experimental studies in rodents. Materials and Methods: Literature review, carried out through a search in the Medline/PubMed and SciELO databases. Original and experimental articles available in full that aimed to compare the therapeutic LASER and LED effects on the skin healing process were selected. The keywords and boolean operators used to search the databases were: wound healing OR healing AND laser AND led. Articles published in English and Portuguese were included. Results: From a total of 232 articles found, five studies were selected for this literature review. Year of publication ranged from 2007 to 2015. Three studies used LASERs and LEDs with red wavelengths (λ<700 nm) and two studies used both red and infrared spectra in the analyzed groups. Most of the studies conducted a protocol with at least two applications of LASER or LED through the contact technique. The energy density ranged from 2.5 J/cm 2 to 40 J/cm 2 . Conclusion: Despite the methodological variability in the researchers found, the results of these studies showed satisfactory histological and immunohistochemical outcomes, suggesting that these therapies can significantly facilitate the tissue repair process. However, further studies should be performed in order to establish safe and effective clinical strategies for the use of phototherapy in wound healing.
doi:10.15448/1983-652x.2016.1.21840 fatcat:xwqsp57uv5gdbovrybushrhkr4