Filters








1 Hit in 0.045 sec

Izoenzimas esterases para discriminar cultivares "sem nome" de mandioca (Manihot esculenta) Esterase isozymes for the characterization of "unnamed" cassava cultivars (Manihot esculenta Crantz)

Fábio Pablos de Souza, Maria de Fátima Pires da Silva Machado, Adriana Gazoli Resende
2000 Acta Scientiarum : Biological Sciences  
Isoenzimas esterases foram usadas como marcadores moleculares para discriminar e agrupar sete cultivares "sem nomes" (acessos A-G) de Manihot esculenta. Os cultivares "sem nomes" de mandioca foram comparados com 25 diferentes cultivares (BG) que vêm sendo mantidos na coleção de germoplasma do Departamento de Agronomia, da Universidade Estadual de Maringá. Acetato e propionato de 4-metilumbeliferona e acetato de α–naftil, foram os substratos utilizados para a detecção e análise comparativa das
more » ... e comparativa das isoesterases. A similaridade entre as plantas, usando o coeficiente de Jaccard, variou de 47,6% até 100%. O dendrograma produzido pela análise de agrupamento mostrou identidade entre as plantas do cultivar BG23 e as plantas do acesso D. As plantas dos acessos B e G também foram agrupadas com o cultivar BG 23, mostrando similaridade de 95% e 89%, respectivamente. As plantas dos acessos A e E foram similares às plantas BG 1, mostrando 95% e 90% de similaridade, respectivamente. As plantas do acesso F foram agrupadas com as plantas do cultivar BG 9, mostrando 94% de similaridade. O dendrograma mostrou também que a maioria dos cultivares foram agrupados com 85-90% de similaridade. Assim, concluímos que as isozimas esterases podem ser utilizadas como marcadores moleculares de genótipos de mandioca, para a caracterização dos cultivares sem nomes de M. esculentaEsterase isozymes were used as molecular markers to discriminate and cluster seven "unnamed" cultivars (accesses A-G) of M. esculenta. The "unnamed" cassava cultivars were compared to 25 different M. esculenta cultivars (cultivars BG), which have been maintained in the germplasm collection of the Agronomy Department, State University of Maringá. 4-Methylumbelliferyl acetate, 4-methylumbelliferyl propionate and α–naphthyl acetate were utilized as substrates for isoesterase detection and comparative analysis. Similarity between plants, using Jaccard's coefficient, ranged from 47.6% to 100%. A dendrogram produced by cluster an [...]
doi:10.4025/actascibiolsci.v22i0.2812 doaj:31079fecde7d4c13a0d88059da6254f4 fatcat:ome4vfhpfnejpfcutpnvcm32dq