Filters








1 Hit in 0.049 sec

Coordenação de políticas monetária e cambial no Mercosul entre 2000 e 2013: uma análise empírica

Moisés Pais dos Santos, Wander Plassa, Leandro Pessoto
2015 Perspectiva Econômica  
Resumo. O presente trabalho tem como principal objetivo realizar uma análise comparativa dos efeitos de choques monetários e cambiais sob regimes de câmbio fl utuante nos quatro países membros do Mercosul -Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Para isso, estimaram-se modelos vetoriais de correção de erros (VEC) para cada um dos países integrantes do Mercosul, utilizando as variáveis infl ação, taxa de juros, taxa de câmbio e nível de reservas internacionais. Constatou-se que, sob regimes de
more » ... , sob regimes de câmbio fl utuante, nas economias do Mercosul, não existem indícios de semelhanças nas respostas aos choques monetários e cambiais. A implicação disso é que o processo de integração na região pode ser comprometido, pois aumentam-se os custos da ausência de coordenação macroeconômica. Palavras-chave: VEC, cointegração, área monetária ótima, Mercosul. Abstract. This study aims at making a comparative analysis of the eff ects of monetary and exchange rate shocks under fl oating exchange rate regimes in the four member countries of Mercosur -Brazil, Argentina, Uruguay and Paraguay. For this, it estimated vector error correction models (VEC) for each of the Mercosur countries, using the variables infl ation, interest rate, exchange rate, and international reserves. It was found that under the adoption of fl oating exchange rate regimes by all the countries studied, there is no evidence of macroeconomic convergence in the economies of Mercosur. The implication is that the process of integration in the region may be compromised because they increase the cost of the lack of macroeconomic coordination.
doi:10.4013/pe.2015.112.03 fatcat:tkii4qm3bfhppnji3scok4v7de