Filters








1 Hit in 0.043 sec

Crescimento e teor de óleo essencial de mentas com diferentes concentrações de potássio na solução nutritiva

Tânea MB Garlet, Osmar S Santos, Sandro LP Medeiros, Paulo A Manfron, Danton C Garcia, Sílvia S Sinchak
2007 Horticultura Brasileira  
O trabalho foi conduzido em casa de vegetação da UFSM, RS, de outubro a dezembro de 2004. Foram conduzidos três experimentos simultâneos, cada um com uma espécie de Mentha (M.arvensis, M. x gracilis e M. x piperita var. citrata) em quatro soluções hidropônicas com diferentes concentrações de K (276; 414; 552 e 690 mg L-1) e idades das plantas. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, com cinco repetições, tendo os tratamentos fatorial para cada espécie: 4x6, 4x7 e 4x8,
more » ... x6, 4x7 e 4x8, sendo quatro concentrações de K e idades da planta determinadas semanalmente a partir dos 27 dias. Foram avaliadas a altura das plantas; área foliar; fitomassa fresca e seca de folhas, hastes; relação folha:haste; e teor de óleo essencial em folhas frescas. O aumento na concentração de K nas soluções hidropônicas afeta negativamente o crescimento e a acumulação de fitomassa em plantas de Mentha, porém proporciona aumento no teor de óleo essencial por planta. Em todas as colheitas consecutivas observou-se aumento no crescimento das plantas das três espécies. As plantas de M. arvensis e M. x piperita var. citrata acumularam mais fitomassa de hastes do que de folhas, o contrário ocorrendo com M. x gracilis que, além disso, apresentou maior produção equivalente de óleo por hectare, na concentração mais baixa de K. As concentrações de K sugeridas para favorecer o crescimento de Mentha em cultivo hidropônico encontram-se na faixa entre 276 e 414 mg L-1.
doi:10.1590/s0102-05362007000200020 fatcat:qks44xmxjncinhoi44jupn4vzu