Filters








1 Hit in 0.049 sec

ANÁLISE MORFOLÓGICA DA ESTRUTURA CIRCULAR DE SÃO MIGUEL DO TAPUIO, PIAUÍ - BRASIL

Jackson Alves Martins, Mariano Castelo Branco, Neivaldo Araújo De Castro, Jean-Pierre Peulvast, Sergio Bezerra Lima Junior
2016 Revista Brasileira de Geomorfologia  
The São Miguel do Tapuio Circular Structure (SMTCS) is one of the largest recognized in the Phanerozoic sedimentary rocks of the Parnaiba Basin, in Piauí (PI), Brazil. Research works on the genesis of the SMTCS consider either an endogenetic origin or meteoritic impact formation. The present study is based on bibliographic survey, fi eldwork and laboratory analyses (remote sensing). The SMTCS superfi cial morphological features, their organization, total diameter, multi-directional pattern and
more » ... tional pattern and high density of lineaments inside the structure were characterized by remote sensing. Also, the morphostructural units such as the outer margin, intermediate ring, annular depression and a central topographic high were defi ned. The fi eldwork allowed identifying a variable thermal metamorphism in the sandstones that formed the SMTCS. The metamorphism grade increased clearly from the margin to the center, with the presence of highly recrystallized and consolidated metasandstones around the center of the structure. Finally, the geomorphic characterization and the geometric signature obtained for the SMTCS seem to correspond to those of complex impact structures (presence of a central uplift). Moreover, the identifi cation of macro and microscopic deformation structures in the sandstones (while not typical of shock origin) may be more conclusive of a meteoritic origin, and the lack of evidence of igneous activity might explain the observed thermal metamorphism. Resumo: A estrutura circular de São Miguel do Tapuio (ECSMT) corresponde a uma das maiores do gênero registrada em rochas sedimentares fanerozoicas da Bacia do Parnaíba, Estado do Piauí, Brasil. As pesquisas considerando a gênese da ECSMT dividem-se entre uma origem endógena e uma através de impacto meteorítico. No presente estudo foram realizados trabalhos envolvendo o estágio do conhecimento atual, campo e laboratoriais (sensoriamento remoto). Os trabalhos de sensoriamento serviram para delinear a confi guração morfológica superfi cial, o diâmetro total e compartimentos, bem como o padrão multidirecional e alta densidade dos lineamentos no interior da estrutura. Puderam ser defi nidas unidades morfoestruturais como a borda externa, o anel intermediário, a depressão anelar e um alto topográfi co central. Os trabalhos de campo evidenciaram uma intensidade de metamorfi smo termal variável observado nos arenitos interiores à ECSMT. Da borda para o centro observa-se nítido aumento no grau de metamorfi smo nos arenitos, caracterizando metarenitos intensamente recristalizados e consolidados no entorno do centro da estrutura. Finalizando, a caracterização morfológica superfi cial e a assinatura geométrica obtida para a ECSMT são semelhantes e condizentes com várias estruturas de impacto do tipo complexa (presença de um núcleo soerguido). Somado a estes fatos temos a presença de estruturas deformacionais macro e microscópicas (mesmo que não conclusivas de choque) nos arenitos que compõem a estrutura, além da não ocorrência de registro e evidências ígneas que justifi cariam o metamorfi smo termal observado, conferindo-lhe uma provável gênese por impacto meteorítico.
doi:10.20502/rbg.v17i4.703 fatcat:gwgyrxae55anlgbuyhsplsvsz4